segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Encantamento

O encantamento é como as folhas, com o tempo seca, mesmo que não na mesma temporalidade. Ele é a predisposição da paixão, que se instala em um precipício, de onde se decide pular, sofrer, amar, ou não. Quando ele nasce, cresce envolto de esperança, como as folhas de vitalidade, e só o tempo é capaz de secá-lo. Algumas folhas secam mais rápido que outras, tudo depende de como são regadas. Todas as vezes que vejo o encantamento nascer, pergunto-me se devo deixar as folhas morrerem, mas acabo regando-as com a água do meu calor; quem seca sou eu.

3 comentários:

Anônimo disse...

"É tudo novo de novo
Vamos nos jogar onde já caímos
Tudo novo de novo
Vamos mergulhar do alto onde subimos"

Sr. Personna disse...

Folhas secas são o rascunho da poesia que é a vida e a natureza.

Carol disse...

Vejo meus pais vivendo o encantamento por longos 35 anos! Haja água, haja paciência, haja saco! Mas é lindo!