quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Normalidade

Irrisório para mim é o conceito de normalidade. Tão vago e insignificante, este se torna uma classificação preconceituosa diante da diversidade da vida, da natureza, do mundo. Classificar a normalidade é limitar as experiências, os prazeres e desprazeres, as lições. Limitar-se ao normal é acostumar-se com a vida que o alheio lhe impõe, não traçar o próprio caminho e se conformar com as opções já dadas, e que são ''aceitáveis''. Limitar-se a viver a normalidade é abrir mão da liberdade, da espontaneidade. Todos os normais são apenas loucos que maquiam suas manias, privam-se do novo e no costume, na tradição, escondem-se. Normalidade para mim é falta de coragem, é pessimismo, é querer ter o controle do mundo. E o mundo não pode ser normal, pois é a anormalidade que o faz girar.

8 comentários:

deia.s disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
deia.s disse...

"E todos os normais são apenas loucos que escondem suas manias.."

Porque de perto ninguém é normal rs :*
Ah e a imagem é uma graça rs! ._.

LAO disse...

Obrigada pelo comentário, Deia.s!! Tive que fazer um ajuste no texto e a frase acima foi modificada, mas continua com esse mesmo sentido! Obrigada por ler smp os textos! *_*

deia.s disse...

HAHA
Dei uma olhadinha no ajuste*, e fiquei melhor agora, o sentido da palavra maquiar foi usado muito bem! Eu ando sempre por aqui mesmo (:
Acho profundo e bacana a forma como tu escreve, Lu. rs

Bjo *-*

Maria G. disse...

Você disse tudo! Sem uma palavra a menos ou mais, descreveu meu pensamento, o relatou muito bem, parabens linda escrita!

Aline M disse...

Gostei demais de te ler! prometo voltar com mais tempo!!

deia.s disse...

Selo pra ti. (L)

http://amar-go.blogspot.com/p/presentes-selos.html

Thaís disse...

Luiza, querida, deixei um selo pra vc no meu blog =)