terça-feira, 27 de agosto de 2013

Sem definição

Há muito não me sinto anestesiada como hoje estou. Anestesiada pela sua imagem, pelo seu olhar, pelo seu jeito, pela sua sinceridade depois de algum tempo. Não sei explicar ao certo o que me faz sentir assim ao simplesmente lhe ver passar, mas seu sorriso é o sinal de que as coisas sempre podem melhorar, pois este pede sua presença. Fazia tempo que não olhava para a vida de forma tão bonita, que não via em um sorriso uma alegoria, que nem conseguia fazer poesia. Talvez esteja nascendo a mais linda inspiração.

Um comentário:

Anônimo disse...

(f)